Arquivo da categoria: Poemas and Poesias

>Saudades de Borboleta

Padrão

>

Quando amamos estamos frágeis, e nos tornamos alvos fáceis para qualquer outro sentimento que possa aparecer. Eu o amei, já senti por ele aquele frio na barriga quando ele chegava perto, já senti as borboletas no estômago, que por sinal eram muitas.
E hoje quando o olho me sinto tão longe, tão diferente daquilo que éramos antes. 
Tenho saudades de quando um simples abraço seu me deixava tonta, saudades das tardes em que o quarto se tornava nosso mundo, onde íamos a vários lugares sentados na cama.
Tenho saudades dos sorrisos sinceros, do som da sua risada que várias vezes me proporcionou tanta alegria.
Tenho saudades daquela sensação de ser somente sua.
De simplesmente sermos nós mesmos um com o outro.
E nossas maneiras engraçadas de encontrar soluções para nossas brigas.
Acima de tudo tenho saudades de ser a única nos seus pensamentos.
Quem será o culpado em uma relação que um dia já nos proporcionou tanta felicidade?
Uma simples  conversa se torna uma grande discussão, um simples olhar se torna alvo de lágrimas. Onde procurar aquilo que um dia já sentimos e que hoje não vemos mais?
Talvez a resposta esteja em nossos corações, que um dia já pensaram ter encontrado o grande amor de suas vidas.

Padrão

>

A Última Vez

Gente eu pensei e repensei e cheguei a conclusão de que porque não posso colocar pensamentos aleátorios aki, algo que escrevo quando ando pelas ruas, ou quando ouço uma música.
Vocês fazem parte da minha vida, então porque não compartilhar essa parte mais íntima?
Esse é o primeiro texto que escrevi, não foi hoje mas dia 19-10-2010. 
Espero que gostem!!!


Ele segurou sua mão… O coração disparou… Ele passou a mão pelos seus cabelos… Suas mãos estremeceram… Ele chegou perto e cochichou algo em seu ouvido, aquele sorriso sem graça apareceu… Ele a beijou… E você começa a chorar, seu coração doí, e naquele momento você percebe que nunca mais será a queridinha dele!!!